Toda guerra é estúpida

Nós estávamos a um quilômetro do estádio quando sirenes começaram a soar e torres com sensores escaneavam em várias direções tentando detectar a nossa presença. De participantes de um torneio passamos a ser como prisioneiros em fuga. Os organizadores devem ter ficado muito irritados assim que perceberam que nós havíamos abandonado o torneio fictício arranjado com intentos obscuros.

– Nós temos que acelerar nossa fuga. Os mais rápidos, carreguem os mais lentos!

Por instinto e prudência eu tenho que concordar com Akeno. Ainda que minhas hastes peludas tenham se espalhado, como microfibras, pelo corpo de minhas amigas até formar um uniforme leve, flexível e invulnerável, um grupo tão grande como o nosso fica muito visível apenas pelo efeito de deslocamento. Evidente que o peso extra acarretaria em algum esforço e demora, mas poderíamos aumentar nossa velocidade em cerca de 20%.

– Eu pressinto que tem algo ou alguém nos seguindo bem próximo!

Tentando ignorar as expressões de censura que algumas me dirigem unicamente por que eu estou carregando Koneko, Ylliria e Kuro, eu consigo ver claramente a insígnia dos Macacos Voadores nos aviões de caça. Coisas do mundo moderno que chegaram inclusive no multiverso. Deve incomodar pilotar um avião com aquelas asas ocupando o exíguo espaço da cabine do avião.

– Deixem esses macacos voadores conosco. Afinal, eles são como nós, vassalos de uma bruxa.

Airi, Menace e Melona ficam para enfrentar aquela força aérea. Eu fico cismado, afinal elas não são exatamente confiáveis. Eu achei muito conveniente tal disposição, considerando que elas eram as únicas que não carregavam as mais lentas.

– Tem um grande grupo adiante… três divisões… como se estivessem nos aguardando. Nós vamos ficar cercadas.

– Isso é o que eles acham. Mantenham a formação. Vamos confiar nas habilidades de nosso protetor, Durak.

Lucifer está com uma expressão tranquila e serena. Tudo parece correr conforme algo que ela planejara. Realmente, ao chegar em um descampado nós parecíamos estar irremediavelmente cercados por três pelotões. Os batalhões estavam todos formados por personagens masculinos, de anime e games. Infelizmente esta é uma constante no mundo masculino. Nunca se tem o bastante. Então o vazio que existe no coração do homem nunca estará satisfeito. Debaixo de todas as desculpas, justificativas e explicações esfarrapadas, o único motivo de toda guerra é a ganância do homem. Toda guerra é estúpida.

– Então, meu querido, meu muito amado… acha que consegue dar conta?

– Isso… é ridículo! Impossível! Um único guerreiro contra milhares de guerreiros?

– De forma alguma Rias. Eu conheço e eu confio na habilidade de Durak. Você deveria fazer o mesmo em relação ao Issei.

Eu não sei se tenho pena ou raiva de Issei. Em um de muitos multiversos, nós até fomos colegas de classe na Academia do Rei Enma. A despeito de conviver com diversas beldades, ele nunca sequer deu um beijo nelas. A magia dress breaker é coisa de criança se ele nunca vai conseguir chegar lá. Então é de dar nos nervos a relação dele com Rias mela cueca que não Ford nem sai de Sinca. Eu não sou de querer me exibir [cofcof mentira], mas eu vou mostrar para Rias o que é quando um homem, guerreiro e servo, ama sua mestra e sabe que ele é amado da mesma forma.

– Lucifer… Rias… amigas… por favor, apenas não olhem.

Eu não me viro para me certificar se estão com os olhos fechados. Eu apenas visualizo o alvo, calculo e libero o poder, ataco. Quando eu estive em Arendelle, um batalhão comum de homens não foi suficiente para me enfrentar. Aqui eu tenho três batalhões com diversos grandes guerreiros. Sim, eu estou extasiado e animado. Eu não preciso me segurar. Meu primeiro ataque causa uma enorme onda de choque. Muitas explosões, fogo, fumaça, gritos de desespero, som de aço e ossos se encontrando. Eu não pego leve nem com os mais fracos. Os mais fortes conseguem, às vezes, bloquear ou esquivar um pouco. Mas meus ataques seguem, em fúria, sem cessar. Eu acho até que tinha um polvo amarelo no meio deles. Pouco importa. Tudo vira uma papa cheia de ossos, sangue e vísceras. Meu uivo de triunfo faz o sol e a lua tremerem de medo.

– Então, Durak, como se sente?

– Cansado. Esgotado. Mas satisfeito. E quanto a Vós, Lucifer?

– Meu querido, meu muito amado, eu te disse diversas vezes e sempre direi. Você é meu orgulho e meu muito amado. Eu jamais ficaria decepcionada com você. Você é o meu instrumento perfeito.

Lucifer me beija com enorme paixão, desejo e amor. Isso não é para muitos. Beijar Lucifer é como tocar o sol com seus lábios. Eu duvido que exista outro mortal capaz desse feito.

– Então… esse é Durak. Nós da Claymore tínhamos ouvido boatos, mas mesmo eu vendo eu custo a acreditar. Nós enfrentamos Youmas, Youkais e Kakusheishas, mas você está além do nível de um Shinengui.

– Nós da Fate Night também ouvimos boatos e, francamente, eu não gostaria de ter que enfrenta-lo, mesmo com a Excalibur.

– Pois eu gostaria de alugar esse guerreiro para meu reino.

– He…hei! Rainha Aldra! Isso não é justo! Nós acertamos isso em Gainos!

– Hahaha! Precisa ver a expressão em seu rosto, Risty! Relaxe. Apesar de tentador, eu não pretendo fazer de Durak meu rei.

– Bom, todas vocês podem simplesmente usa-lo como brinquedo ou como reprodutor, se quiserem.

Eu me torno novamente o centro das atenções. Algumas avaliam seriamente a possibilidade e outras preferem mais discrição ou recato. Eu não tenho certeza de como isso pode ser interpretado por minhas leitoras [se é que exista alguém lendo], mas eu considero que sexo devia ser algo normal, natural e saudável. Quando temos fome, comemos, diversos pratos. Quando temos sede, bebemos, diversos líquidos. Não faz o menor sentido que somente a nossa necessidade de amor e sexo sejam tão limitados por regras tão ridículas e absurdas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s