Neon Genesis – I

Kozo retornou ao laboratório e encontrou Gendo mais taciturno do que o normal. Havia muita coisa a ser considerada naquele momento. A morte de Hideaki, o inusitado encontro com um anjo, a tentativa de erradicação, a estranha criatura, a experiência bem sucedia e o desaparecimento de Yui. Como se não bastasse, ainda tinham as crianças e dois bebês. Kozo achou melhor tentar dar um pouco de animo em seu amigo.

– Minha nossa, Gendo! Eu acabei de voltar de minha reunião da SEELE e você sequer me olhou. Você bem que podia, ao menos, perguntar se eu estou bem.

– Não fale bobagens sentimentais, Kozo. Você não iria e eu não deixaria você ir se houvesse perigo. Percebe o tamanho disso que acabamos de descobrir e desenvolver?

– Pelas barbas de Darwin, Gendo. E eu aqui, preocupado, achando que você estava com essa carranca por causa dos recentes eventos.

– Como eu disse, nós não temos tempo para bobagens sentimentais. Eventos acontecem e vão acontecer como devem acontecer. Eu deixo meus sentimentos para momentos menos cruciais. Eu acho que nós devemos selar um pacto entre nós. Esta semente que aqui começamos a brotar deve ser de conhecimento apenas de nós quatro.

– Pelas órbitas de Kepler… você quer o quê, Gendo, que perfuremos o dedo e assinemos com sangue?

– Se vierem outros… anjos… essa deveria ser sua menor preocupação, Kozo. O que nós decidirmos e afirmarmos hoje, aqui, deve ficar apenas entre nós.

– E… eu não sei se eu consigo fazer isso… eu… não contei, mas… eu estou grávida…

– Excelente, Kyoko. Ela será futuramente piloto de um EVA. Assim como Shinji e Rei. O que me lembra da SEELE. Você conseguiu o que precisamos com a SEELE, caro amigo?

– Ah… agora você se importa comigo… bom, eles não disseram sim, mas também não disseram não.

– Isso é um bom sinal. Algo me diz que eles nos darão o que precisamos.

– Eu percebo que você ainda mantem seu otimismo apesar dessa sua aparência taciturna…

– Otimismo é superestimado e parte do sentimentalismo inútil. Nossos testes foram muito bem sucedidos, a despeito dos equipamentos. Nós perdemos o “molde”, mas estamos com dois clones e temos o corpo dessa criatura, que deve também ser um anjo. Nós temos em mãos as ferramentas para concluir o verdadeiro propósito da humanidade. Isso é excitante, estimulante e… extremamente perigoso e mortal. O ataque na Antártida não será investigado e certamente teremos outros atentados contra nós. Eu nunca pensei que eu diria isso… mas a NERV precisa se tornar uma força militar.

– Realmente… não soa nada parecido com o Gendo. Você esqueceu que nós estamos com crianças e bebês na nossa responsabilidade?

– Nós estamos com a humanidade inteira em nossas mãos, Kozo… mas se isso te deixa mais tranquilo… Misato, certo?

– S…sim, senhor…

– Olha, querida, eu sei que esse é um momento difícil para você, mas… você aceita ser a guardiã desses bebês?

– S… sim, eu acho que sim…

– Excelente. A partir de hoje você irá garantir a segurança dos futuros pilotos de EVA.

– Hei! E quanto a mim?

– Ritsuko, certo?

– Isso mesmo!

– Sua mãe a descreve como um gênio em TI, Inteligência Artificial e neurociências. O que você pode fazer pela equipe?

– Com a sua permissão… eu gostaria… de construir o MAGI!

– Corrija-me Naoko… este não é seu projeto?

– Gendo, meu projeto é apenas uma teoria… minha filha não apenas ampliou o conceito, mas desenhou plantas para construir o MAGI.

– Isso é… perfeito! Assim que recebermos o sinal verde da SEELE, eu quero as duas trabalhando na montagem e funcionamento do MAGI.

O ambiente carregado foi invadido com um som polifônico de um smartphone. Parecia uma música clássica, mas era irreconhecível naquela tonalidade plástica e digital. Kozo enrubesceu imediatamente, retirou um aparelho de seu bolso e começou a falar. Seu rosto mudou de vermelho para branco em segundos e seus olhos expressavam enorme tensão.

– Era o meu contato dentro da SEELE. Ele parece nervoso e animado, mas eu acho que nós teremos a nossa sede. Ele falou que a Teoria Hideaki-Gendo surtiu efeito nos diretores.

– Isso mexe com a nossa crença na descrença, não é, Kozo? Isso muda tudo… Misato, você deve levar Shinji para que ele seja criado e educado pelos meus pais. Eu irei criar Rei em segredo. Isso é crucial… espero que todos colaborem. De forma alguma Rei e Shinji devem saber que são irmãos.

– Desculpe interromper sua preleção, Gendo, mas… acabamos de receber da SEELE sinal verde para erguer o Geofront, você não terá muito tempo para tomar conta da Rei!

– Nisso você está certo, Kozo. Eu vou ter que pedir a Mayumi, a irmã de Yui, cuidar e criar a Rei até a idade escolar. A propósito… Durak, certo?

– S…sim, sim senhor.

– Rei parece se dar bem com você. Eu posso confiar em você para cuidar dela?

– Sim senhor!

– Ótimo, ótimo. Isso resolve parte do problema. Agora… o que fazemos com os nossos clones de anjos?

– Eu sei de alguns galpões vazios, de propriedade da SEELE, administrados pela NERV, que podemos utilizar facilmente para esconder os nossos bonecos…

– Deve servir. Vamos torcer para que os clones ainda caibam nos cilindros que nós temos aqui. Eu acho que o veículo blindado com que nós viemos está estacionado bem aqui de frente. Basta nós sairmos como entramos. Ninguém irá questionar ou vistoriar os cilindros. Marquem bem este dia, pessoal. Hoje nós escrevemos o futuro da humanidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s