O simbolismo político da mão

Este é mais um texto de uma série tendo as Olimpíadas como tema. Falar de Olimpíadas na Era Moderna é falar de política. Existem momentos que um gesto tem um significado maior do que seu uso costumeiro. Mesmo o simples gesto com uma mão pode ser um ato político.

Dois atos nas Olimpíadas do Rio 2016 chamaram a atenção do público e da Imprensa: o judoca egípcio que deixou a mão do judoca israelense no vácuo e os atletas brasileiros que bateram continência no pódio. O que estes gestos podem simbolizar é algo que interessa ao filósofo.

A mão é utilizada pelo ser humano como forma de linguagem, pode simbolizar um cumprimento, uma saudação ou uma opinião. Na Roma Antiga era obrigatório saudar César com o braço estendido e a mão espalmada, uma declaração de poder copiado pelo Terceiro Reich. Em diversas religiões a mão tem diversas posturas que são chamadas de mudras, cada qual com um significado diferente. Estátuas de Deuses, reis e heróis repousam nas mãos as figurações de seus atributos. Cenas históricas em pinturas tornam-se mais dramáticas pela forma como as mãos estão dispostas. Tentem imaginar o quadro representando alguma revolução sem que haja uma mão erguida com uma bandeira ou uma arma. A mão erguida com o punho fechado simboliza a luta popular desde a Revolução Russa e tornou-se o símbolo de enfrentamento e resistência, usado por grupos de oprimidos, por movimentos populares e de esquerda.

Ficou na história o gesto do atleta americano Thomas Smith, nas Olimpíadas do México, quando no pódio ele fez a saudação utilizada pelos Panteras Negras, grupo que lutava nos EUA pelo reconhecimento e respeito dos direitos civis aos americanos afrodescendentes, direitos que ainda são negados na “maior democracia do ocidente”.

Então um mero gesto com a mão, especialmente nas Olimpíadas, tem um significado político. Cabe ao filósofo perceber e interpretar qual é o simbolismo político detrás da recusa do judoca egípcio em apertar a mão do judoca israelense e qual é o simbolismo político do atleta brasileiro que fez continência no pódio.

O judoca egípcio representa não apenas o seu país, mas também os países muçulmanos do Oriente Médio. Desde que os países europeus “inventaram” o Estado de Israel depois da Segunda Guerra Mundial, o Oriente Médio tem sido uma constante área de tensão política. Israel tem ocupado territórios e tem entrado em diversos conflitos com os países vizinhos. Os países ocidentais tem apoiado Israel nessas guerras e na ocupação de territórios. O mesmo mundo ocidental que fica escandalizado com os atos de extremistas muçulmanos fica calado diante dos atos extremistas do Exército de Israel, na faixa de Gaza e na Palestina. O ato de recusar o aperto de mão pelo judoca egípcio simboliza a recusa dessa política internacional ocidental hipócrita.

O atleta brasileiro também representa seu país, um país que restaurou o Estado Democrático de Direito depois de vários anos de uma Ditadura Civil-Militar, então se interpretou que a continência de um atleta brasileiro no pódio estaria simbolizando um apoio ou uma declaração favorável à Intervenção Militar, como diversas vezes esta posição política foi expressa nas manifestações pró-impeachment. O brasileiro consolidou a ideia de que todo militar brasileiro é de direita e favorável ao regime de exceção, mas não é o caso, pois a história do Brasil demonstra que existiam e existem, ainda que minoria, militares de esquerda que lutaram pela causa popular e pela democracia. O que acontece é que o atleta brasileiro só consegue ter uma preparação nas escolas militares e, por hábito, obrigação e dever militar, ele tem que prestar continência diante da bandeira nacional. Nesse caso, é apenas isso o que simboliza quando um atleta brasileiro bate continência no pódio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s