A vida não tem roteiro

Mérida arruma seus pertences com pressa naquele que seria seu domicilio funcional como secretária, um quarto existente dentro da reitoria, por praticidade, o que incluía seu escritório pessoal ao lado da sala do reitor. Mérida faz o que pode para ficar apresentável e bate na porta do reitor.

– Sim, quem é?

– Bom dia, senhor reitor. Meu nome é Mérida, eu fui chamada para ser sua secretária.

– Ah, claro! Eu a estava esperando. Entre, vamos nos conhecer e conversar.

Mérida entra na sala do reitor, maravilhada com tanto luxo. Duas vezes maior e mais elegante do que a sala da vice-reitora da ala feminina. Tudo impecavelmente arrumado, limpo, organizado. Ela percebe o reitor sentado atrás de sua impressionante mesa, em uma poltrona que mais parece um trono, ocupado lendo algo. Seguindo algumas orientações passadas por Felícia e Hermione, Mérida espera ao lado das cadeiras dispostas na fronte da mesa, como testemunhas silentes.

– Muito bem, senhorita… Mérida. A coordenadora de turma entregou-me seu dossiê e Hermione a indicou. Eu espero que a senhorita seja tão eficiente quanto sua antecessora. Seu trabalho aqui não será motivo para sua ausência em classe. Eu quero que a senhorita aproveite este tempo para reunir toda informação que puder sobre a aluna Alexis. Seu contato e conhecimento com esta aluna irão auxiliar muito meu trabalho. A senhorita pode falar agora.

– Obrigada, senhor reitor. Eu prometo ao senhor que irei me dedicar total e inteiramente a atender a esta reitoria. Eu garanto ao senhor que conseguirei dar conta de minhas responsabilidades, como secretária e como aluna. Sobre Alexis, eu diria que é uma aluna estranha até para os padrões do estranho. Ela não tem amigas, não participa de conversas ou de eventos da sororidade. No entanto ela é muito aplicada, nos estudos e na arquearia. De tempos em tempos ela tem um comportamento muito suspeito. Há quatro dias, quando eu voltei do clube de arquearia, onde eu e outras alunas tínhamos passado a noite por ordem da coordenadora de turma, eu me deparei com ela dormindo toda nua sobre a cama e, quando eu fui cobri-la, eu notei várias escoriações, machucados e arranhões. Pelo sorriso que ela tinha no rosto, ela deve ter estado com mais alguém. Eu sei de rumores que existem garotas assim, que gostam de garotas. Ela não falou muito e fez pouco de mim quando eu falei da invasão de um monstro na ala feminina. Eu ainda não sou amiga dela, mas acho que consigo chegar lá.

– Excelente, Mérida. Lembre-me mais tarde de agradecer Felícia e Hermione por terem te indicado. Seu primeiro trabalho será redigir uma carta para o vice-reitor e para a vice-reitora para que averiguem tudo sobre esse monstro, sobre a invasão e sobre quem poderia estar no quarto com Alexis. Pode se retirar.

Enquanto Mérida mergulha em suas fantasias e ilusões, Marvin persegue seu sonho em ser igual a Zoltar. Embora arriscado, ele vai até um local barra-pesada da universidade, apenas para comprar no mercado negro uma capa com capuz, acreditando que a roupa emprestaria aquilo que ele não tem.

Marvin chega a pegar todo o dinheiro que seus pais juntavam com sacrifício para passar pelos vigias e comprar com uma amazona informações sobre Hermione. Subornar os vigias da ala masculina era muito fácil, mas foi difícil encontrar uma amazona que aceitasse dinheiro. Marvin tinha alguma ingenuidade, se aplicasse melhor seus recursos, teria descoberto que há tempos a instituição das amazonas deixara de ser nobre e altruísta, com as constantes contratações de mercenárias. Para Marvin era difícil, mas Zoltar certamente riria dele e de seu esforço.

– O que é isso, garoto? Acha que eu estou mendigando? Acha que eu vou me arriscar a te dar informações sobre a nova secretária da reitoria por essa micharia?

– Desculpe, senhora. Eu tenho apenas isto. Eu vou tentar com outra amazona.

– Eeieieiei… espere, garoto. Não sabe brincar não? Eu estava brincando. Você quer saber sobre a outra ruiva do reitor? Sem problemas. Ela é bem mais nova que a anterior e ainda é aluna. Ela conseguiu o cargo de secretária porque foi indicada por Felícia e Hermione. Você sabe né? Uma é coordenadora de turma das alunas a outra era a secretária do reitor. Está anotando? Então, anote, pois parece que ela ganhou o cargo apenas porque conhece uma aluna chamada Alexis.

– Mas por que o reitor trocou de secretária? Para onde foi Hermione? Por que o reitor está interessado nessa aluna?

– Você é lesado, hem, garoto? Não ouviu os boatos sobre a invasão da ala feminina por um monstro? Eu não estava aqui no dia do fato, mas minhas colegas me contaram que muitas amazonas morreram. Eu só não estou certa se foi por causa do ataque do monstro ou se foi uma retaliação da reitoria. Enfim, essa tal de Mérida, a nova secretária, é parceira de dormitório da Alexis, suspeita de ter recebido uma pessoa não autorizada em seu quarto. Aparentemente essa pessoa, o monstro e a morte das amazonas estão interligados e tudo converge para Alexis. O reitor é muito inteligente! Vai usar essa garota como um joguete para encontrar esse monstro, essa pessoa, esse assassino de amazonas.

Marvin anota tudo em seu caderno, puxa o capuz por sobre a cabeça, arreganha os dentes e solta uma risada típica de vilão e sai todo orgulhoso de si e de seus feitos. Ele encena em sua mente como ele vai conseguir impressionar Zoltar assim que ele apresentar seu relatório, mas não foi muito longe. A primeira regra que um espião deve saber é que não se deve se expor. Marvin é tão desastrado que ele estava sendo seguido há um bom tempo. Capturado pela mesma mercenária que quem havia comprado as informações, Marvin foi levado ao mesmo pedaço barra-pesada onde havia comprado sua capa com capuz e dentro de algum galpão velho e abandonado foi severamente surrado. Antes de perder os sentidos, ouve uma voz feminina.

– Então você está bisbilhotando por aí, para saber de mim? Bom, eu estou bem aqui. Pergunte o que quiser. Pode ser que eu responda ou não. Em troca, você vai me dizer tudo que sabe. só que você vai ter que dizer. Pobre garoto, entrou em um jogo de gente grande. A vida não tem roteiro, garoto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s