Educação começa em casa – IV

Marco compareceu na casa da sua tia Fernanda, com as bênçãos de sua mãe. Ele estava nervoso, mas combinado é combinado. Sua tia o recebeu, o conduziu até a sala onde uma mesinha de chá o esperava com biscoitos de chocolate.

– Muito bem, Marquinhos, vamos começar com o básico. Você conhece seu corpo?

– Hã…sim, eu acho.

– Quando você tira a roupa, toma banho, você gosta do que vê? Você toca em seu corpo?

– Sei lá…tocar como, tia?

– Apenas Fê, Marquinhos. Vamos, tire a roupa.

– Que? Na frente da senhora?

– Ora, vamos Marquinhos! Você não acha que eu não te vi sem roupa? Quem que você acha que ajudou sua mãe a te dar banho, trocar a fralda? Vamos, seja um garoto obediente.

Meio sem jeito, Marcos tirou sua roupa. Ficou vermelho ao ver o rosto aprovador de sua tia.

– E o corpo de uma mulher, você conhece, Marquinhos?

– Hã…não, acho que não.

– Mas deve ter visto, em revistas e espiando nos vestiários, que eu sei. Mas tocou o corpo de uma mulher?

– Hã…tocar como, tia?

– Vamos pelo básico. Pegue seu soldado. Encha sua mão com ele. Agora faça movimentos lentos para cima e para baixo.

– A…assim? Ah…é bom. Está aumentando…isso é normal?

– Sim, é normal, natural e funciona desse jeito. Agora é minha vez de tirar a roupa.

Fernanda tira a roupa e Marco tem uma ereção instantânea ao ver seu belo corpo. Marco ficou nervoso quando seu soldado começou a soltar um líquido viscoso e incolor.

– Hã…tia…Fê…o que está acontecendo?

– Você está excitado. Uau! Eu sei que provoco essa reação nos homens, mas eu fiquei impressionada assim mesmo! Agora pegue em meus seios. Movimente-os…mmmm…para cima….para baixo…ah…circular…mmmm. Muito bem, você se saiu muito bem! Agora olhe para minha caserna, ela está molhada como o seu soldado.

Marco olha bem de perto, pela primeira vez, as partes intimas de uma mulher e está com suas mãos nos seios dela. Seu soldado está em continência como nunca e mais líquido sai dele. Marco tem uma sensação indescritivel por sua pouca experiência, mas está gostando.

– Gostou? Então chegue mais perto. Toque, sinta, beije e lamba todo esse mel…sssiiimmm…se lambuuuzeee…mmmm. Como está seu soldado agora?

Marco nunca tinha visto seu soldado desse jeito. Enorme. Latejando. Roxo. Pingando. Está tão cheio e grande que parece que vai explodir a qualquer momento.

– Vejo que está pronto. Como esta é sua primeira lição, eu vou te ajudar a aliviar a pressão. Sente-se no meu colo. Fique de costas para mim. Agora deixe tudo comigo.

Fernanda toma o soldado de Marco em suas mãos de veludo e mostra para ele como se deve fazer. Excitado como Marco estava, depois de alguns instantes ele sente um choque na espinha, suas pernas tremem e ele sente algo jorrando de dentro dele. O jorro é forte, intenso e volumoso. Fernanda soltou um som de aprovação, surpresa e contentamento. Foi uma bela ejaculada, para ser a primeira de um garoto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s