Educação começa em casa – I

Casanova é o sobrenome de um personagem de histórias românticas que apareceram por volta do fim da Idade Média. O amante mais famoso da literatura nem sempre foi tão arrojado na arte do amor. Creiam-me, em sua infância ele foi um jovem normal, inseguro e tímido. Como todos nós passou pela vergonha e embaraço das mudanças que ocorrem na adolescência. Esta é a história dele. Vamos chamá-lo de Marco.

Marco tinha uma vida comum, tinha seus brinquedos, tinha seus amigos, tinha que ir à escola, tinha que ir à missa e tinha que acompanhar seus pais. Um dia, isso começou a mudar. Ele começou a largar seus brinquedos, não achava mais graça neles. Parou de sair com seus amigos e começou a ter amigas. Na escola, passou a agradar as professoras e na missa, preferia sentar ao lado das noviças. Quando saía com seus pais, prestava atenção no seu pai, mas para ver para quais mulheres ele olhava.

Marco ficou muito constrangido quando acordou e viu sua cama molhada. Ele achou que tinha feito xixi na cama, que seria uma vergonha, pois apenas bebês fazem xixi na cama. Mas ele notou que não era líquido e amarelado, mas cremoso e esbranquiçado.

Isso começou a ocorrer com alguma frequência, ele sentia coisas estranhas, algo nas calças do seu pijama endurecia durante o sono que era povoado com sonhos de mulheres sem roupa, em posições sensuais. Ele tinha alguma noção de como o corpo de uma mulher era, seu pai tinha revistas e, na escola, ele ficava com outros garotos, espiando o vestiário das mulheres.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s