Eu amo meu senpai – III

– Hei, Madre, eu sou cristã! A senhora precisa me ajudar!

– Giacomo, ajude aquela Akage.

Giacomo foi para cima do bando, socando e chutando. Quem ficasse na frente ia caindo, os mais espertos sairam correndo e os mais lentos tentaram lutar. Até conseguiram dar alguns socos e chutes em Giacomo, mas era como acertar um tronco de árvore. Giacomo espancou e derrotou todos, ficando frente a frente com Gwen.

– Você é a minha senpai?

– Eu acho que sim. Meu nome é Gwen.

Do nada, surgiu um aluno, imitando as firulas e poses do Bruce Lee, provocando Giacomo. Quando este se aproximou, o aluno desconhecido deu um forte chute na altura da cabeça de Giacomo, um chute que teria desacordado ou matado qualquer outro. Giacomo apenas ficou com um inchaço e vermelhidão, o chute conseguiu apenas entortar seu pescoço. Umsegundo depois, Giacomo deu um soco que fez com que o aluno fosse jogado há dois metros de onde estavam.

– Impressionante. Sabe, Giacomo, eu acho que eu vuo te aceitar como meu kohai. Eu tenho grandes planos para você.

A Madre Superiora deixou-os e voltou ao seu escritório, sentindo um certo arrependimento. Naquele mesmo dia, Gwen inscreveu Giacomo no círculo de lutas clandestinas. Quando não estava lutando, Giacomo ficava ao lado de Gwen, protegendo-a das outras gangues. Andando tanto tempo juntos, Giacomo acabou se afeiçoando com Gwen, apesar dela tratá-lo como um cachorro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s