Vida de funcionário – II

Pedro é um homem notável, pois sustenta suas opiniões com firmeza e argumento. Ele acredita que todos tem o direito e a liberdade de amar quem quiser, quantos quiser. Isso pode soar como uma forma de sexismo, de machismo, de filosofia de boteco. Mas para Pedro a mulher não está vivendo toda sua natureza, sua feminidade, sua sensualidade, sua sexualidade. Para Pedro a mulher ainda é prisioneira do sistema patriarcal, onde o papel da mulher está mais para Amélia do que para Leila Diniz. Pedro sabe que a sociedade tem padrões de comportamento dúbios e contraditórios. Considera-se normal e até saudável que o homem procure muitas parceiras, mas a mesma sociedade que estimula a ousadia masculina é a mesma que impõe o recato feminino. Uma mulher que seja dona de seu corpo, de sua sensualidade, de sua sexualidade, de seu prazer, de seu desejo, de sua vida erótico-afetiva é tachada de “mulher fácil” entre outros adjetivos nada gentis. Pedro sonha com um mundo onde todas as mulheres sejam livres e sejam donas de si mesmas.

Paula é uma mulher admirável, pois criou seus filhos depois de ser abandonada por aquele que ela amava. Ela acredita naquilo que seus pais a ensinaram, que uma mulher de respeito é aquela que mantém a família, cuida da casa e dos filhos, mesmo sozinha. A criação tradicional fez com que ela incorporasse as regras, tabus e proibições sociais, para todos os fins ela optou, ainda que inconscientemente, por conceitos como fidelidade e monogamia, ainda que estes valores não sejam exigidos ou observados por parte do homem. Ela aceita o papel que a sociedade impõe a ela, mesmo depois de ter sido abandonada e não ter tido apoio da sociedade que ela faz parte. Ela vive seus dias, cuidando dos filhos, cuidando dos pais idosos, cuidando de sua casa, cuidando do seu serviço, restando pouco ou nenhum tempo para ela mesma e mesmo assim consegue ter um namorado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s