Vida de funcionário – I

Eu crio histórias desde meus poucos anos e, como todo escritor, crio mundos e realidades impossíveis de existirem, crio personagens que nunca encontrei em vida, crio cenários que existem apenas na minha idéia. As histórias de amor são, infelizmente, produtos da minha imaginação. Eu estou ciente de que vivemos em um mundo, uma sociedade, cheio de tabus, regras e proibições quanto a amor, relacionamento, prazer e sexo. Eu vou tentar então contar uma história real, embora seja triste, porque optamos por termos vidas erótico-afetivas pobres.

Ele é funcionário de uma autarquia há mais de dez anos. Eu vou chama-lo de Pedro. Ele conhece o serviço e se esforça para cumprir com sua função com perfeição. Ele ocupa uma posição ingrata e exigente como encarregado do setor, a mesma responsabilidade do chefe, mas sem os ganhos. Sua vida amorosa e sentimental não é satisfatória, em sua juventude lhe foi negado amizade e amor. Conseguiu encontrar apenas três mulheres que se relacionaram com ele, casou-se com uma. Mas ele nunca desistia do amor, pois acreditava que os tabus, regras e proibições da sociedade não tinham razão de existirem.

Ela é funcionária da mesma autarquia há tanto tempo quanto Pedro. Eu vou chama-la de Paula. Ela começou trabalhando na autarquia em outro setor até ser transferida ao mesmo setor que Pedro. Paula tem o mesmo capricho e preocupação de Pedro e ambos trabalham juntos por um longo tempo, compartilhando as dificuldades e resolvendo os problemas do serviço. Ela é desquitada, tem filhos, netos e até um namorado. Ela tem uma visão e opinião mais reservada sobre amor e relacionamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s