A caixa de Dora – V

Dora estava entediada. O professor “verde” até podia ser divertido, do jeito estranho dele de ser, mas jogar com ele pelo visto não ia acontecer. Com o fim do intervalo, ela teve que voltar à classe. No entanto, ela queria jogar com alguém. Então, como se estivesse distraída, sentou-se ao lado do aluno transferido. Ou ele não notou sua presença ou está fingindo que não percebeu. Ótimo! Finalmente alguém que sabe jogar.

– Olá, “Lobo Mau”. Quantas “Chapéuzinhos Vermelhos” você comeu essa semana?

– “Chapéuzinho Vermelho” está muito “rodada”. Eu comi algumas “Amarelas” e outras “Marrons”.

– “Amarelas” tem gosto de peixe. “Marrons” tem gosto de chocolate. Faltam as “Verdes”, “Azuis” e “Púrpuras”.

– Eu vou anotar em minha lista. Se eu achar alguma “Companhia de Chapéuzinhos” que mais parecem “Power Rangers” eu vou poder completar essa lista.

– E “vovózinhas”? Comeu alguma recentemente?

– Eu cheguei há pouco. Não quero ser expulso logo de cara por “comer” uma professora.

– Ah, então é verdade o que falam de você?

– Eu não sei. Por que não tenta descobrir?

O aluno transferido mostra ser mestre no jogo. Talvez Dora use isto a seu favor, para provocar o professor “verde”. Ela não pode deixar de notar que sua conversa era observada por outros alunos. O que passava pela cabeça de cada um? Censurava ela por ser atirada ou censuravam o aluno transferido por ser tão libertino? Então passou pela cabeça de Dora em usar terceiros para apimentar o jogo. Tudo que ela precisava fazer era caprichar na pose.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s